Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 2 de maio de 2010

olhos de ressaca


Lendo Machado de Assis, parei no capítulo 'olhos de ressaca' e comecei a ler a descrição deles. E lembrei dos teus olhos. Os olhos que sempre me fazem perder o ar por meio minuto. Ah, que olhos! Olhos por vezes infantis, e tantas outras amadurecidos. E sempre os mesmos olhos. Já me perco nele por três meses, desde o primeiro dia fui arrastada para dentro do que você é. E você é bem mais que o sol ou a lua, você é bem mais que a música que eu gosto, bem mais do que o livro que eu adoro. Você é o que transmite neles, você não é meio homem. você não fala meias verdades. Ou é sim, ou é não. E esses seus olhos transparecem você. E eu amo me deixar levar por esses olhos de ressaca.

jess torres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui