Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

decifrando-te


Eu consegui olhar bem dentro do olho dele, e ver de novo aquele grito de 'eu te amo' que há semanas tinha se transformado em um angustiador silêncio que me gritava 'tudo está perdido'. Mas, nem tudo está. Nada está. Sempre se tem uma chance. A gente sempre pode se dar mais uma chance. E olhar esses seus olhos cheios de marca da idade; você com esses 20 anos querendo essa menina indefesa de novo. E de novo. E sempre.
p.s.: "Você ainda é a primeira coisa que eu penso quando me dizem: Faça um pedido!"

Jessica Torres

4 comentários:

comente aqui