Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Doente


Caros leitores, venho aqui pra lhe dizer que ando meio triste. Nem sei bem ao certo. As vezes é o ambiente que me rodeia ou as pessoas que se esvaem da minha vida sem grandes despedidas. Por vezes, me pego no canto do quarto, ouvindo uma música de notas tristes. Então, nesse momento penso naquele, caro leitor. Aquele que vivo a falar por aqui. Aquele homem com olhos inocentes que me tira o folego e a razão. Que me dá amor e ódio (coisas que não andam separadas). Só quero constar porque estou assim. É tudo por causa dele. Pois, a vontade de tê-lo me causa dores musculares, febre. Pior do que qualquer tipo doença. Melhor do que qualquer tipo de cura. Porque estar perto dele muda tudo. E eu só quero que o ano passe depressa e que no fim, a gente possa se unir de verdade. E todos os dias eu irei esperar ansiosamente pra ele voltar pra nossa casa, e me dar um beijo caloroso. Meu Deus, como me dói ainda não ter isso.

Jessica Torres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui