Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

toque


As mãos geladas, os cabelos embaraçados. E tudo se misturava com tesão, amor e porque não dizer, amizade. As pernas se entrelaçavam e podia se ouvir gemidos de qualquer lugar do mundo de onde estivesse. Não era mais uma tarde na casa dele. Foi diferente. Qualquer um que conhecesse a gente bem, saberia. Sem alongar mais sobre isso, caro leitor (sei que já estás com água na boca), tudo acabou maravilhosamente bem. Cada um indo pra sua casa para no outro dia terem o prazer de um novo reencontro.

jessica moura torres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui