Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

a grandeza de viver isso


É inexplicável, como aconteceu o toque das mãos e dos lábios, e dos corpos e das almas. Você era meu melhor amigo, você era meu melhor parceiro, hoje é meu melhor namorado. Um ano se passou desde que te conheci, você tão lindo, eu tão boba. Seus cachos me encantaram, seu piercing era quase um anel de noivado o qual você me mostrava só pra eu poder ficar mais apaixonada e louca por ti. Tudo foi um grande desencontro, que se tornou o maior dos meus encontros.

Depois disso, eu tentei pegar cada detalhe, queria ver se era só aquilo. Dentro de mim já não era. Você me beijava a testa quando me deixava na porta de casa, eu queria que fosse na boca. Fosse pegava na minha mão, eu queria que fosse na nuca. Minhas lágrimas derramadas, suas mãos me ajudando, me levantando, e assim começou.

Você me ligava, pra dar ‘boa noite’ logo depois daquela noite de despedidas de outro amigo, entre um ‘boa noite’ e um ‘durma bem’ , você disse que pensava em mim. Como poderia resistir aquilo? Meu coração quase saiu pela boca.

Aí, você começou a me dar as satisfações do seu dia, e eu tava com medo de ser tudo um grande engano, ser tudo uma grande farsa, um grande mal-entendido que só faria a gente se afastar. Não queria perder o equilíbrio que outro já tinha me tirado. Ai, depois de muitos meses ao seu lado, eu percebi que perder o equilíbrio por amor, é um jeito de equilibrar sua própria vida.

O seu jeito de ficar cheirando meu joelho, e beijar meu ombro, pegar na minha cintura, beijar minha mão. Você descobriu essa e milhares de outras coisas que nenhum outro um dia pode imaginar. Só você.

E essa pessoa pequena se transformou enorme pra te proteger dos teus medos, pra te dizer que sim, vai ficar tudo bem, que eu te amo sim, que você não vai me perder...

Como alguém no mundo poderia não te amar? Se alguém disser um dia que você é nada, juro-te, que você é perfeito, pra mim.


Jessica Torres


Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui