Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 8 de janeiro de 2011

Carta Desabafo


Querido, Melhor Amigo,

você se perdeu nessa floresta de cachos, pernas e olhares. E ainda pensa que a coisa mais legal de se fazer em um sábado a noite é jogar conversa fora com gente sem cabeça, meninas frutas, bundas e apenas bundas. Acha que ter um relacionamento de verdade é fazer os seus versinhos, cantar um pouquinho, e levar foras de uma menina por mais de 6 meses. Conclui que sua vida de um homem de 22 anos pode ser feita a partir de receber força através de luz... Você perdeu a cabeça por uma paixonite. Perdeu as estribeiras por causa de um rabo de saia. Perdeu os verdadeiros amigos por escolhas suas... e esse é o pior: você escolheu. Não foi Deus que quis, não foi o destino que levou a isso. Você fez suas escolhas e olha só: você mora na outra rua da sua melhor amiga e mal pode vê-la. 'As patroas' não deixam né? Cego. É isso que você está, cego.
Um dia você disse: - Pra que eu ia mentir pra você? Eu nunca mentiria pra você.
Eu fui tudo pra você, fiz tudo por você, te defendi até quando você não merecia. Te defendi até quando você mentiu pra mim. Mas, agora, eu descobri que era mentira. Você mudou... não é mais você. Onde está o meu melhor amigo? Sim, aquele que dizia que não estava no colégio pra sair faltando trabalho á toa. Ele tá aí dentro? Não, não está mais. Tomara que volte a ser o mesmo... as pessoas cansam de dar e nunca receber. Vê se pula da fase dos 8 anos pros 22 tá?
É, estou decepcionada com você. E quer saber? Eu não esperava isso de você... não de você.
Sinto muito, não é esse você que estava ao meu lado nos dias das chuvas de mudanças. Não era.


Ainda com muito carinho,

Jessica Torres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui