Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 15 de janeiro de 2011

não a destrua


Não destrua a minha vida, foi o seu pedido, e agora faço dele, o meu. Você sabe que nas horas que você está mal, é em mim que você pensa, em mim que busca forças. E lá estou eu do seu lado te segurando na hora que você cai de bêbado, te aparando na hora que você que cai de cansaço. Sou eu. A garota doida que pegou todas as suas coisas jogou na tua sala e disse que era ali mesmo que ia ficar. Você olhou meio de lado, achou estranho, mas, aceitou. Aprendeu a amar a minha mania de te morder, ou de falar palavrão. Os nossos vícios, as nossas bandas, a nossa vida.
Não destrua a minha vida, não me perca, não se perca. Seja meu, sou tua. E eu continuo te amando como na primeira vez, naquela tarde quente, onde você me roubou um beijo ( ou eu que roubei, fica a sua escolha).

Jessica Torres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui