Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011


"E eu que luto contra os meus defeitos não havia mais jeito de consertar
Se não por tirar essa dor do peito
Entender que o meu erro fez você me odiar" - Qualquer intenção


"Mas se você quiser e vier pro que der e vier comigo
Eu posso ser o seu abrigo
Mas se você não quiser
Me nego a todo e qualquer castigo
Mas só quero que saiba meu bem
Te levo sempre comigo" - Descansar



Canto dos malditos na terra do nunca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui