Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 9 de janeiro de 2011

Você ao meu ver


Tudo aquilo que eu via, na verdade, era muito mais do que parecia, pelo menos disso já sabia. Foi um momento preciso de alegria aquele, te ver descer aquelas escadas vagarosamente em minha direção. Você tem belos traços que encantam, porém pode ser perigosa. Como ela mesma confessa , se dizendo uma garota má. Suponho então que sua beleza possa se converter em maldade e se assim for é um risco notável, quem me dera eu a conseguisse desvendar, tipo raro de garota que me chama a atenção, me confunde e faz cair em contradição.

Às vezes acho que se sente ameaçada pela proximidade de outras pessoas, me parecendo expulsar sem culpa, alguns de sua vida, apenas os deixando de lado. Às vezes acho que esses ditos só não foram dignos de sua presença nas suas vidas. É uma idéia tentadora se entregar a ela, excitante a idéia conquistá-la, prazerosa a idéia de tê-la. Ela gosta de viver intensamente as coisas e é isso mesmo que merece, explosão e sentimentos, corpo a corpo, alma por alma, é preciso o perigo da proximidade para fazer sentido, o traço mais puro da vida, o desejo sem explicação, quando as palavras já não são necessárias ao encontro dos lábios.

Continua... sem precisar de palavras.


Alexandre Machado


p.s.: o alê *-*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui