Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 7 de setembro de 2010

burn


Acendi um fósforo pra poder ver o fogo queimar aquele pedacinho de madeira, ver aquela magia que tem na mudança das cores, aquele amarelo vivo, aquele azul quase verde; e antes que eu pudesse desfrutar de toda aquela imensidão de cores e de vida, ele se apagou. E tudo ficou escuro. Preto. Só podia se ver a fumaça que avisava que tudo havia acabado.
Acendi outro, e outro, e outro. Mas, nunca dava tempo de eu poder ver a magia daquilo.
Tudo sempre acabava muito rápido. Tudo sempre se vai muito rápido. Como um fósforo que não dura mais do que alguns segundos pra se apagar.
Então, o que se tem que fazer, que se faça hoje. O que se tem que fazer, que você o faça; porque ninguém fará por você.
Não espere que tudo queime e desapareça. Porque no fim, só restará a fumaça pra te atormentar, fazendo você lembrar que tudo aquilo já acabou.

jess m, torres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui