Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 4 de setembro de 2010

no fim, olhe para o começo


Eu olho pra trás e vejo aquele filme que eu não atuava e nem produzia. Apenas, vejo aquilo que está na minha imaginação de histórias tantas vezes contadas. Eu vejo dois meninos cabeludinhos que ficavam jogando sua bolinha de sempre, no meio da rua. E de tempos em tempos, se pegavam no tapa. Depois de alguns anos, eu vejo um deles caído ao pé da cama, com lágrimas caindo ao chão; o outro, chega, o abraça, faz ele se erguer, e diz:
- Vai ficar tudo bem, estarei sempre aqui.
Vejo brigas e discussões, vejo abraços e reconciliações. Mas, nunca tinha visto as feridas expostas que eu pude ver hoje. Aquelas feridas da angústia de não tê-lo mais por perto. Aquele que um dia ele tinha chamado de melhor amigo. E ele disse:
- Faz muito tempo que não te considero meu amigo.
Palavras duras, vozes alteradas, saídas sem despedidas. E eu, no meio disso tudo, dividida entre o melhor amigo e o namorado. As duas pessoas mais incríveis e bondosas, e maravilhosas que eu tive o prazer e o privilégio de conhecer. Pessoas que me ensinaram muito, pessoas que querem muito o meu bem. Tudo o que já se passou não pode ter sido em vão.
Porque apesar de todos os pesares, eles são como dois irmãos. Que brigam e brigam, mas, sempre se reconciliam. Quando uma pessoa chega pra outra e diz que ela é sua melhor amiga, ela sempre será alguém muito especial. Mesmo se deixarem de se falar, uma hora ou outra, um vai precisar do outro, e certeza maior vai ser que os dois vão se ajudar. Não importa se não conseguem nem olhar um na cara do outro, eles se amam. Amor fraterno, de irmão mesmo.
E amizade assim nunca se acaba. Então, quando estiver avistando o fim, olhe pro começo e verá porque daqui a horas, dias, meses ou mesmo anos, você ainda sim voltará a proclamar aquela velha pessoa como seu melhor amigo.

jess m. torres


2 comentários:

  1. é tão foda ver isso acontecer com duas pessoas que tem extrema importância pra você ;S

    ResponderExcluir
  2. É... Não importa o que aconteça ou como aconteça, a amizade VERDADEIRA vai SEMPRE prevalecer.
    Gostei mesmo do teu blog.
    Se poder, e quiser, dá uma passadinha no meu e comenta:
    http://ultimamentira.blogspot.com/
    Ficarei realmente grata.

    ResponderExcluir

comente aqui