Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 19 de abril de 2010

se importa?


não posso dizer-lhes que a sua existência não muda a minha, também não o digo que o que fazes é algo com o que não me aflijo. Porque hoje tua respiração e o bater do teu coração é o motivo por cada passo, cada gesto, cada suspiro de vida que há em mim. é o motivo pelo qual meu mundo gira. Porque o dizes faz eco na minha alma, de tão entranhado que estás no que sou. Palavras ferem, frases suas me desmancham, e dizer que não importo seria uma 'blasfêmia'. Me importo com quem estás, o que faz, e aonde vais. Me importo tanto contigo que esqueço de se importar comigo. não porque não me valorize, mas porque é assim mesmo que os apaixonados fazem, esquecem de si para se doar ao outro. E hoje, me importando tanto com você, queria que tivesse ficado aqui ao meu lado, queria que não tivesse saído por aquele portão para ir para aquele inferno, e te amo tanto, tanto, que te deixo livre. Quero você livre, e feliz. Queria tê-lo aqui do meu lado enquanto estou a escrever esse texto, porque a dor mais forte de um apaixonado é de estar longe do ser amado, e eu te amo. Será que podia por favor não perguntar se eu quero que você fique? porque a minha resposta seria sempre sim, sim, sim. Quero você seguro no seu lar. Quero você seguro dos outros. Quero você seguro para mim. Sou altamente possessiva e ciumenta. Surpreso? eu não. Tenho ataques de loucura quando você sai, penso besteiras, e acabo quase sempre chorando. Eu sei que sou louca. Surpreso? eu não. Sou louca, ciumenta, o que quiser. contanto, que você ainda esteja aqui, e que você se importe. Agora, antes que meu coração pare de bater, e todas as minhas veias se explodam, pode me dizer, por favor uma coisa... se importa?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui